ARTIGO EM PORTUGUÊS – JORGE PAITER